Archive for the ‘D&D’ Category

h1

Ricardão como Trilha Exemplar

agosto 29, 2009

Ricardão

fudeurc3

Não existe uma mulher em nenhuma parte do mundo que consiga resistir ao meu charme. Nem marido algum que consiga correr mais rápido do que eu.”

Pré-requisitos: Gostar de mulher.

O que o amor constrói o Ricardão destrói. Seja uma princesa enclausurada no alto de uma torre no meio do oceano cheia de armadilhas mágicas protegendo a sua valiosíssima castidade para o casamento que vai concentrar o poder de dois reinos nas mãos de um rei corrupto ou então uma camponesa dentro de um barraco sendo protegida por um cachorro sarnento e sendo a vadia mais rodada daquele lado da floresta escura, desde que ambas tenham um marido, pretendente ou sequer um pai linha grossa, o Ricardão vai estar lá para ganhar salvar o dia.

Ricardão

Benção de Gomorra (11º nível): O Ricardão ganha +4 de bônus em acrobacia, atletismo, furtividade e ladinagem quando está tentando escapar de um marido raivoso. +6 se ele estiver nu.

Detectar Marido (11º nível): O Ricardão pode detectar qualquer marido que esteja a uma quantidade de quadrados dele igual a metade de seu nível.

Escapada fenomenal (16º nível): Sempre que o Ricardão gastar um ponto de ação para ganhar mais uma ação de movimento, ele não recebe nenhum ataque de oportunidade caso ele se desloque por áreas ameaçadas até o final do próximo turno.

Sai pra lá corno! Ricardão 11
Com dois tapas na cara do marido alheio, o Ricardão consegue rapidamente se levantar da cama e correr em direção a janela.
Encontro MarcialAção Padrão Arma corpo-a-corpo

Alvo: Uma criatura

Ataque: Destreza, carisma ou força vs CA

Sucesso: 3[A] + des, car ou for.
Efeito: O Ricardão ajusta três quadrados.

Procurar esconderijo Ricardão 12
Olhando rapidamente o quarto a sua volta, o Ricardão consegue arrumar um esconderijo seguro. Seja embaixo da cama ou dentro do armário

Sem Limites Marcial

Ação de Movimento Pessoal

Efeito: O Ricardão pode se mover igual a metade de seu deslocamento e então fazer um teste de se esconder desde que esteja a pelo menos três quadrados de qualquer inimigo.

Fura Olho Ricardão 20
Com um golpe bem dado na fuça do recém chifrado, o Ricardão obstrui a visão dele e consegue tempo o suficiente para escapar.
Diário MarcialAção Padrão

Alvo: Uma criatura

Ataque: Des, Cha ou For vs CA

Acerto: 5[A] + Des, Cha ou For de dano e o alvo está cego (TR encerra)
Erro: Metade do dano.

07032008082245g

Esse Ricardão não passou no teste.

h1

Michael Jackson para quarta edição

junho 27, 2009

michael_jackson_thriller_vimage_mj_zombie_300x400

Essa semana recebemos a noticia de que o grande astro Michael Jackson veio a falecer em sua residência. Uma grande perda para o mundo da música, e seu legado ficará para sempre registrado nos anais do pop.

E como aqui no Nerd Frenzy não podiamos deixar de sacanear homenagear, ai vai a ficha do grande mestre Michael para a quarta edição, pronto para ser inserido em qualquer aventura!
Clique aqui para continuar lendo.

h1

Servo Flamejante

junho 15, 2009

Jennock_by_TheFaeFae

Já perceberam como os Tieflings foram injustiçados? Apesar de possuirem um bonus em carisma, eles raramente são visto como algum tipo de religioso, a menos que seja um cultista. Resolvi criar esse paragon path pra ver se resolve o problema.

Servo Flamejante

Bahamut não mede aqueles que o seguem pela sua raça ou seus dons, mas sim pelos os seus atos. E pelos meus atos ele me recompensou com a sua própria chama.”

Pré-requisitos: Tiefling e ser membro de alguma classe com fonte de poder divino.

Apesar dos tieflings serem criaturas que foram tocadas por demônios e outros poderes sombrios, alguns resolvem deixar de lado as criaturas que eles venerariam para cultuar os deuses (nem sempre deuses bons). Levantando a sua arma contra os seus inimigos, você faz com que chamas tão intensas quanto a sua fé destruam aqueles que foram marcados como inimigos pelos seus deuses.

Habilidades do Servo Flamejante

Chama divina (11º nível): Você pode trocar o tipo de dano de todos os seus ataques que dariam radiant para fire a vontade.

Aura de incêndio (11º nível): Todos os seus aliados até 5 quadrados compartilham a mesma resistência a fogo que você possui.

Explosão incandescente (16º nível): Sempre que você utiliza um action point, todos os seus inimigos até 5 quadrados recebem dano de ongoing (fire) igual ao seu modificador de carisma.

Chama vingadora Servo Flamejante 11
Como a explosão de ira de seu deus, as suas chamas ardem em seus inimigos além de seu contato inicial.
Encounter Divine, Fire, ImplementStandart action Area burst 2 within 20 squares

Alvo: qualquer criatura no local

Ataque: Cha vs Fortitude

Acerto: 2D8 + Cha de fire.
Efeito: Os alvos tomam ongoing 5 de fogo.
Armadura de fogo Servo Flamejante 12
Para se defender de um ataque, as chamas de seu próprio deus aparam o ataque do adversário.

Daily Divine

Immediate Interrupt Personal

Trigger: Você é acertado por um ataque

Efeito: Você não recebe o dano e cada inimigo que esteja corpo-a-corpo com você recebe um dano igual ao seu modificador de carisma por fogo.
Arma radiante Servo Flamejante 20
Levantando a sua arma contra os seus inimigos, as chamas divinas a incandesce e torna o seu ataque mortal.
Encounter Divine, FireStandart actionAlvo: Uma criatura

Ataque: Cha vs CA

Acerto: 5[W] + Cha de fogo e o alvo está com ongoing 10 de fogo.
Erro: Metade do dano e ongoing 5 de fogo.

Nota: Caraca, foi foda achar uma foto que representasse esse tipo de coisa, só eu que vejo Tiefling como uma raça que pode trabalhar com divindades? A fonte dela é essa aqui: http://thefaefae.deviantart.com/art/Jennock-24224407

h1

Tesouros aleatórios para a quarta edição

junho 10, 2009

iw06022005_treasure_pile

Vamos ser francos, a quarta edição ficou muito certinha. Desde os personagens que seguem níveis de evolução praticamente congruentes até os tesouros que não são mais rolados, mas sim escolhidos a dedos por mestres dedicados e com tempo livre para prepararem as suas aventuras. Como eu sei que você não é um mestre dedicado, não tem tempo de preparar as suas aventuras e quer mais fuder com a vida dos seus jogadores dando pra eles coisas como fundas +5 da velocidade, eu preparei um guia rápido para decidir os tesouros aleatórios do seu grupo. Confira.
Clique aqui para continuar lendo.

h1

Armas de fogo para a quarta edição

maio 6, 2009

musket

Arma de fogo sempre foi uma espécie de Tabu em D&D. Primeiro porque pouquíssimos cenários teriam capacidade de ter esse tipo de coisa sem afetar a sua dinâmica, segundo porque armas de fogo invariavelmente iam acabar trazendo certo realismo para dentro do jogo e terceiro porque eles eram uma bela de uma porcaria. A arma renascentista padrão era o mosquete que dava míseros D12 de dano e era necessário um tempo de recarga absurdo para poder colocá-lo pronto para o próximo disparo.

Mas esse nem era o maior dos problemas. Mesmo que você disparasse com um fuzil de anti-matéria e desse 6D10 de dano, só seria possível usa-lo uma única vez por rodada, e mesmo assim teria que recarregá-lo a cada dois disparos. Qualquer guerreiro de nível alto consegue uma média de dano maior que essa sem apelar pra itens de alta tecnologia (A.K.A sabre de luz) com seus QUATRO OU MAIS ataques por rodada e bônus absurdos de força.

Clique aqui para continuar lendo

h1

Death Knight como paragon path

abril 29, 2009

soth

Lord Soth: Esse sim é caveira.

O Death Knight é uma figurinha curiosa dentro do D&D. Sua primeira aparição foi feita em 1981, mas só foi vingada durante o AD&D e o Dragonlance, lar dos maiores Death Knights já vistos. A figura dele evoluiu durante esse tempo todo, tendo os seus poderes e até mesmo parte de sua “criação” refeita. Os Death knights de Dragonlance mantinham as suas almas nas armaduras, enquanto os Death Knights da quarta edição as mantêm em suas armas. Outro detalhe importante sobre os Death Knights são suas habilidades de conjurar magias, nesse caso a coisa foi tão confusa ou deturpada que na terceira edição o Death Knight do Monsters Manual 2 não possui nenhuma magia, enquanto o do livro do Dragonlance possui até palavra do poder: matar, chega a não ser exagero dizer que hoje em dia o Death Knight é apenas um uma pequena lembrança da máquina de sentar porrada que era em seus dias de glória. Apesar de já ter tido a aparência indo de um lich com uma espada até uma armadura falante, os Death Knights não tiveram os seus papéis no campo de batalha mudados, e continuam a comandar tropas de mortos-vivos e tocar o terror aonde passam.

Clique aqui para continuar lendo

h1

Quarta edição sem magia: pericias menores

abril 4, 2009

goya_forge

O esquema de perícias foi mudado de forma drástica na quarta edição, onde antes você tinha uma ampla lista delas para poder escolher a vontade e distribuir os pontos da maneira que você quiser, agora lhe restam poucas para que você possa simplesmente marcar “ou sabe ou não sabe”. O lado bom dessa história toda é que perícias inteiras, e até mesmo alguns talentos, foram fundidos em somente uma única perícia: Natação, escalar e saltar foram agrupadas em athletics, e até o talento rastrear foi pra dentro da perícia nature. O lado ruim é que sobrou muito pouco espaço para a personificação do personagem, já que perícias que agiam justamente nesse contexto como os vários tipos de conhecimento, profissões e oficios simplesmente desapareceram da lista.

Clique aqui para continuar lendo