h1

Quarta edição sem magia: Cura e comida

abril 1, 2009

cooks2

Terceira parte do meu pequeno manual de como narrar a quarta edição com o menor número de magia possível presente no cenário, ou até mesmo sem magia nenhuma. Aqui vamos trabalhar um conceito mais opcional, que pode ser ignorado em suas campanhas e utilizadas as regras originais sem nenhum transtorno extra, ainda mais se a intenção é algo mais heróico.

Cura natural.

Na quarta edição foi introduzido o conceito de healing surge para controlar melhor a quantidade de combates que alguém consegue se manter de pé em antes de cair, e inclusive isso já foi trabalhado anteriormente quando se comentou que a capacidade de curar já não estava mais restrita ao domínio divino. Porém, apesar de a capacidade de recuperar pontos de vida já tenha sido debatida aqui antes, a capacidade de recuperar os infames healing surges não.

De acordo com o livro do jogador, existem duas formas de descanso: o curto e o longo. O descanso de curta duração precisa de cinco minutos para poder recuperar os seus poderes de uso de encontro e permite gastar quantos healing surges bem entender para recuperar seus pontos de vida. O descanso de longa duração requer pelo menos seis horas e nele você recupera todos os seus poderes, todos os seus pontos de vida e todos os seus healing surges. O que é deveras curioso, pois o seu guerreiro de nível 15 pode ter saído de uma batalha com 3 PVs restantes e sem nenhum healing surge sobrando, além de ter o braço dependurado pelo osso, sangrando que nem um pedaço de picanha e cheio de flechas encravadas nas costas que em seis horinhas de descanso ele já vai estar 100%, prontinho para encarar mais meia duzia de dragões no tapa e provando que aquela emboscada preparada pelo exército inimigo não serviu de nada. Não sei quanto a vocês, mas isso me lembra muito Final Fantasy e outros jogos do gênero, o que foge muito da realidade, exatamente o oposto de nosso objetivo.

Para contornar essa situação, é recomendado que o jogador recupere seus pontos de vida de forma diferente do dito no livro do jogador. A idéia é a seguinte, a cada descanso prolongado, ele recuperaria uma quantidade de pontos e vida igual ao seu healing surge value (ou o dobro disso caso seja um descanso total, que exija pouquíssimas atividades físicas e nenhuma extenuante, como um combate) e assim que os pontos de vida forem totalmente recuperados, ele ganhe automaticamente um healing surge (isso irá evitar que ferimentos pequenos e escoriações não permitam que os seus healing surges fiquem no zero para sempre). Depois que o personagem está 100%, ele começa a recuperar healing surges no valor de dois por dia de descanso (três se for uma descanso total).

Um médico competente ainda pode fazer com que os seus pacientes se recuperem ainda mais depressa, para isso ele terá que fazer um teste de Heal (DC 15), e caso passe o jogador irá recuperar uma quantidade de pontos de vida adicional igual ao seu healing surge value (caso não esteja com seus pontos de vida cheios) ou um healing surge a mais (caso esteja com seus pontos de vida cheios). Um médico pode cuidar de mais de um paciente, adicionando +1 na DC a cada paciente além do primeiro (em todos os testes, incluindo no do primeiro paciente). Acima de 4 pacientes sendo tratados, ele terá +2 de dificuldade na DC, o que transformaria a tarefa bastante difícil. Mesmo que ele não consiga passar no teste, os itens de cura que ele utilizou ainda serão gastos.

Culinária D20

Esse esquema de regras apresentados aqui é totalmente opcional e extremamente fantasiosos. Utilizei como base o sistema de culinária dos jogos da série Tales (só tive chance de jogar Tales of the Abyss e Tales of Phantasia), onde é possível utilizar a comida para recuperar pontos de vida e até mesmo aumentar o seu poder de batalha.

A comida é dividida em duas partes: A matéria-prima, que é o que você usa para cozinhar, e a comida propriamente dita. Apesar de que algumas matérias primas podem ser usadas na forma bruta, a maioria delas precisa passar por preparo para poder ser ingerida.

A quantidade de refeições por dia que uma pessoa pode usar também é restrita. Uma pessoa que tenha constituição menor que dez só pode utilizar uma refeição, uma pessoa com constituição entre 11 e 15 pode utilizar duas, uma pessoa com constituição entre 16 e 20 pode usar três, uma com constituição entre 21 e 25 pode usar quatro e assim por diante. Não que a pessoa não possa comer mais do que o indicado, mas que o seu organismo não consegue fazer total uso dos nutrientes que estão sendo recebidos.

O bônus que a pessoa vai receber só vai durar durante um dia, depois disso ele se vai e é necessário a utilização de uma nova porção para satisfazer o organismo.

Matérias primas:

Arroz
Provavelmente é um dos produtos mais populares do mundo e o mais consumido pelos seres humanos, além de ser popular em praticamente todas as culturas ao redor do planeta.
Preço: 1 CP por porção
Perecividade: Baixa (ou imperecível caso esteja sem casca)

Carne vermelha
Dentro desse esquema estão carnes suinas e bovinas, além de vários outros produtos como a linguiça (Agora sem trema) e todos os tipos de corte.
Preço: 1 SP por porção
Perecivida: Alta

Carne branca (frango)
Esse conjunto reflete todo e qualquer tipo de ave. Galinha, avestruz, marreco, pássaro roca ou qualquer outra criatura que os jogadores colocarem a mão.
Preço: 8 CP por porção
Perecividade: Alta

Carne branca (peixe)
Esse conjunto todo e qualquer tipo de peixe. Atum, sardinha, pescado, abbolete ou qualquer coisa que topar na frente dos PJs.
Preço: 7 CP por porção (varia imensamente de lugar para lugar)
Perecividade: Alta

Frutas cítricas.
Aqui cabem frutas como limões, laranjas, acerolas ou qualquer outra fruta que esteja a disposição dos jogadores e tenham grande quantidade e vitamina C.
Preço: 2CP por porção
Efeito: Caso consumido, o jogador ganhará +2 de bônus em qualquer teste de endurance para resistir a doenças.
Perecividade: média

Queijo
Alimento muito apreciado por roedores e com uma grande quantidade de calcio. Ele pode ser feito com o leite de diferentes mamíferos, como vaca, ovelha, cavalo égua ou até mesmo de criaturas mágicas, que podem ocasionar diferentes efeitos.
Preço: 4 CP por porção
Efeito: Caso consumido puro, o queijo dará +1 em endurance e +2 para fortitude caso seja para evitar quebrar um osso.
Perecividade: média

Vegetais
Alimentos dos mais variados tipos. Aqui se encontram coisas como batatas, cenouras e tomates.
Preço: 2 CP por porção
Perecividade: média

Sal
Bem de necessidade básica. Além de alterar o paladar, ainda permite que carnes durem muito mais tempos antes de serem consumidas.
Preço: 1CP a cada duas porções
Efeito: Caso seja usado em uma carne, a perecividade dela passa de alta para média.
Perecividade: imperecível.

Receitas:

Arroz cozido
Arroz cozido e pronto para o consumo.
Efeito: Recupera um healing surge.
Igredientes: Uma porção de arroz

Bife
Pedaço de carne bovina ou suína, muito popular entre qualquer raça.
Efeito: Recupera três healing surges.
Ingredientes: Uma porção de carne suína ou bovina.

Peixe frito
Peixe que pode ser preparado em qualquer lugar e em qualquer ocasião, seja em uma cozinha equipada ou ao redor de uma fogueira.
Efeito: Recupera dois healing surges
Ingredientes: Uma porção de qualquer peixe.

Sushi
A comida preferida por muitos samurais e muitos elfos. Possuí vários tipos de adaptações diferentes.
Efeito: Recupera três healing surges e dá um bônus de +1 em diplomacia.
Ingredientes: Uma porção de peixe e uma porção de arroz.
Ingredientes opcionais: Uma porção de frutas como morangos e mangas, ou ainda mais uma porção de peixes nobres.
Efeito opcional: O +1 de bônus em insight.

Filé de frango
Pedaço da frango que pode vim com tempero ou não.
Efeito: Recupera dois healing surges.
Ingredientes: Uma porção de carne de qualquer ave.
Ingrediente opcional: Limão
Efeito opcional: +2 em qualquer teste de endurance para resistir a doenças.

Canja
Comida de fácil preparo e muito popular entre aventureiros. Além de ser ótima para curar resfriados.
Efeito: Recupera três healing surges e dá um bônus de +1 em endurance.
Ingredientes: Uma porção de arroz e uma porção e frango
Ingredientes opcionais: uma porção de vegetais.
Efeito opcional: Além do +1 de bônus no endurance normalmente já dado, ela dá um bônus de +2 para resistir a qualquer doença.

Essas são somente algumas das infinitas combinações possíveis de comida que os seus jogadores podem conseguir fazer, deixa a sua imaginação (e apetite) te ajudarem na hora de criar as outras, essas devem ser o bastante para servir de exemplo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: